Videogame pode melhorar habilidade visual e capacidade de aprendizagem

Resultado do estudo realizado na Universidade Brown ainda é inconclusivo



Uma pesquisa realizada pela Brown University, nos Estados Unidos, constatou que jogar videogame pode estimular as habilidades visuais e melhora a capacidade de aprendizagem das pessoas. "É possível que a grande quantidade de imagens a que os gamers são expostos ao longo dos anos ajude a aperfeiçoar os mecanismos de consolidação no cérebro, especialmente as habilidades visuais desenvolvidas”, afirmam os cientistas responsáveis pelo estudo.

Os resultados, no entanto, não provam necessariamente se jogar videogame melhora a capacidade de aprendizagem ou se pessoas com uma habilidade inata para aprender se tornam jogadores porque acham a experiência gratificante.

"Muitas pessoas ainda veem os jogos de vídeo como perda de tempo, mesmo que a ciência esteja começando a mostrar seus benefícios", explica Aaron Berard, um dos autores do estudo. "Se pudermos demonstrar que o videogame pode realmente melhorar algumas funções cognitivas, talvez nós, como uma sociedade, possamos pensar neles como algo positivo".

O outro lado

Mas nem sempre o videogame é herói. Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Oxford concluiu que crianças que jogam por mais de 3 horas por dia são mais propensas a serem hiperativas, se envolverem em brigas e apresentar desinteresse na escola.

Ao contrário do que muita gente defende, o comportamento está ligado à quantidade de tempo gasto em jogos e não ao tipo de jogo escolhido. Títulos violentos não têm nenhuma ligação com agressões na vida real ou baixo desempenho acadêmico.

Para os pesquisadores, jogar menos de 1h por dia pode ser positivo para as crianças.


Por Olhar Digital

Sábado, 04 de Abril de 2015

0 comentários

Comentário