Renan Filho anuncia nomeação de 100 militares que estavam sub judice

Grupo havia ganho causa no STF e aguardava nomeação desde o ano passado


O governador Renan Filho (PMDB) vai nomear, na tarde desta quarta-feira (22), cerca de 100 policiais militares que estavam atuando na corporação de forma sub judice. Eles foram aprovados nos últimos concursos realizados pelo Estado e, por mudanças no edital, alguns ainda não haviam sido efetivados pela Polícia Militar. Ao todo, 97 praças e três oficiais passarão a fazer parte da PM, em definitivo, já após a nomeação.

De acordo com a assessoria da Secretaria Estadual da Defesa Social e Ressocialização (Sedres), alguns militares estavam com o processo na Justiça desde 2001, razão pela qual a matéria chegou, inclusive, ao Supremo Tribunal Federal (STF), que deu ganho de causa aos policiais em 2014. Porém, o então governador Teotônio Vilela (PSDB) não efetivou tais servidores.

Uma comissão procurou o secretário de Estado da defesa Social, Alfredo Gaspar de Mendonça, para solicitar que ele intercedesse junto ao governador Renan Filho, para que a nomeação ocorresse o quanto antes. “O próprio Alfredo Gaspar tomou à frente desta comissão e conversou com o governador, que entendeu a necessidade de estes militares serem incorporados à PM. Desta forma, a nomeação acontece amanhã, sendo publicada, no Diário Oficial, na quinta-feira”, explicou a assessoria.

A solenidade de nomeação acontece às 17h, no Salão Aquatune do Palácio República dos Palmares, no centro de Maceió. 



Por Gazeta Web

Terça-Feira, 21 de Abril de 2015

0 comentários

Comentário