Padre Fábio de Melo defende casamento civil gay

Religioso usou rede social para afirmar que cabe ao Estado decidir sobre união, e não às religiões




Na contramão de líderes religiosos que condenam o casamento gay, o padre Fábio de Melo publicou hoje uma série de tuítes em que defende o direito civil de casais homoafetivos. O sacerdote se posicionou contra a homofobia e foi apoiado pela maioria de seus 858 mil seguidores na rede social, no perfil @pefabiodemelo. 

Nas publicações, o padre procura esclarecer que direitos civis são competência do Estado, e não de congregações religiosas. " São situações que não nos competem. A questão só nos tocaria se viessem nos pedir o reconhecimento religioso e sacramental da união", afirmou.

 Em entrevista ao jornal "O Globo" , o padre, que também é cantor, já havia se posicionado favorável à união homossexual. 


Por Tribuna Hoje

Segunda-Feira, 13 de Abril de 2015

  

0 comentários

Comentário