Hackers russos interceptaram e-mails do presidente Barack Obama


Fontes da Casa Branca disseram à publicação que nenhuma rede confidencial foi invadida



Alguns e-mails e informações não confidenciais do presidente dos EUA, Barack Obama, foram interceptadas por hackers russos no ano passado, por meio de uma brecha no sistema de computador da Casa Branca.
Os atacantes não acessaram o Blackberry pessoal de Obama, mas conseguiram acessos a e-mails de funcionários da residência oficial e, talvez, de algumas de fora – incluindo conversas com o presidente – disse um membro do alto escalão do governo ao jornal The New York Times.
Fontes da Casa Branca disseram à publicação que nenhuma rede confidencial foi invadida, e os hackers não conseguiram coletar informações. No entanto, disseram que as informações não confidenciais contêm informações sensíveis como agenda diária, troca de e-mails com embaixadores, e debates políticos.
Eles ainda não souberam dizer quantos e-mails de Obama foram interceptados pelos hackers, embora tenham afirmado que a conta de e-mail do líder americano não foi invadida.
Os hackers – que estariam ligados ou trabalhando para o governo russo – teriam feito um das ações mais sofisticadas de ataque cibernético, segundo uma fonte do governo americano disse ao jornal.
Os mesmos atacantes russos também teriam acessado os servidores de e-mail do departamento de Estado; os bancos de dados não chegaram a ser interceptados.

Por Terra

0 comentários

Comentário